COMUNICADO URGENTE ATENTADO CONTRA A VIDA DE INTEGRANTE DA POLÍCIA COMUNITÁRIA DE ÁLVARO OBREGÓN.

Hoje, 9 de abril de 2014, aproximadamente às 20h, pistoleiros a serviço de Jorge Alonso, fardados a bordo de uma viatura do município de Juchitán, presidido por Saúl Vicente Vázquez, tentaram assassinar um integrante da “Binni Guiapa Guidxi – Polícia Comunitária Gal. Charis” da comunidade binnizá de Gui’xhi’ Ro’– Álvaro Obregón.

Os fatos ocorreram na rua principal da comunidade, próximo à agência comunitária. O policial Moisés Jiménez estava em seu dia de folga, quando passou a patrulha do município de Juchitán com os pistoleiros a bordo. Eles fizeram oito disparos em direção ao companheiro Moisés que, felizmente, conseguiu se jogar ao chão e esconder em um local seguro, não sendo atingido.

Neste momento, às 23h40, há um clima de tensão na comunidade, ante a possibilidade de novas agressões nas próximas horas. Tememos pela integridade física e a vida dos nossos companheiros e de todos nós que decidimos lutar por nosso direito à autonomia e autodeterminação como povo indígena que somos.

Solicitamos às organizações solidárias, aos meios de comunicação e à sociedade civil que continuem difundindo as informações sobre a situação de violência que estão atravessando nossos povos pela defesa de nosso território.

¡PAREM COM O ASSÉDIO CONTRA A COMUNIDADE BINNIZÁ DE GUI’ XHI’ RO’ – ÁLVARO OBREGÓN!

¡RESPETO À AUTONOMIA E AUTODETERMINAÇÃO DE GUI’XHI’ RO’ – ÁLVARO OBREGÓN!

ASSEMBLEIA DE POVOS INDÍGENAS DO ISTMO EM DEFESA DA TERRA DO TERRITÓRIO.

binni guiapa

PRONUNCIAMIENTO DO CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA CNI – ISTMO

CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA DA REGIÃO DO ISTMO DE TEHUANTEPEC
PRONUNCIAMIENTO DO CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA

CNI – ISTMO

Comunidade binnizá de Gui’xhi’ Ro’- Álvaro Obregón, Juchitán.

Istmo de Tehuantepec

29 de março 2014

Os povos binnizá, ikoot, ayuuk, chol, nuntaj+yi, nahua, zoque e mestiços dos Estados de Oaxaca, Veracruz, Chiapas e do DF, companheiros do Coletivo do Magistério e Popular 14 de Junho, da FUL APPO setor Juchitán, do Instituto Superior Intercultural Ayuuk de Jaltepec de Candayoc e do Bacharelato Asunción Ixtaltepec Ikoojt de San Mateo del Mar, assim como visitantes de países como Itália, França e Estados Unidos, e observadores internacionais do grupo de Brigadas de Paz Internacional (PBI), participaram da primera sessão do Congresso Nacional Indígena (CNI) – região do Istmo, reunidos nessa comunidade zapoteca de Gui’xhi’ Ro’ – Álvaro Obregón, que se encontra em luta pela defesa de seu território contra as empresas eólicas transacionais e pela construção de sua autonomia. Fomos recebidos pelos companheiros do cabildo comunitário, do conselho de anciãos e resguardados pela Binni Guia’pa’ Guidxi’ – polícia comunitária “General Charis” desta comunidade, que continua mais firme que nunca apesar da constante perseguição que tem sofrido nos últimos meses por parte dos governos municipal e estadual e dos líderes da COCEI-PRD-PT e do PRI de Juchitán, Oaxaca. Seguir leyendo

TENTATIVA DE LINCHAMNETO A CAMPONÊS ZAPOTECO NO EJIDO ZAPATA, EM ÁLVARO OBREGÓN

Álvaro Obregón, Juchitán, 26 de março de 2013

TENTATIVA DE LINCHAMNETO A CAMPONÊS ZAPOTECO NO EJIDO ZAPATA, EM ÁLVARO OBREGÓN

Na noite do dia 22 de março, um grupo de pessoas da COCEI (Coalizão dos Trabalhadores, Camponeses, Estudantes do Istmo lideradas por Saul Vicente e Hector Sanches) do Ejido Emiliano Zapata, na agência de Juchitán, atacou a casa do companheiro Noe Lopez Vazquez, de 64 anos, agricultor e membro do Conselho de Anciãos de Álvaro Obregón, além de invadir seu domicilio e colocar fogo no jardim. A família do companheiro estava dentro da casa durante o ataque, incluindo a sua nora, que está grávida e teve que ser hospitalizada devido o ocorrido. Eles foram capazes de identificar claramente seus agressores Israel López, Leyder Vasquez, Huarino Enrique de la Cruz, Misael López, María López, Margarita López, Sebastiana López Gómez, Leonarda Charis, Antonia López, Estela Jiménez, Tomás Vazquez, Magnolia Luis López, Margarita López Guerra, Eloisa Luis López, Lorena Luis López, Marcelina Ruiz Luis e Roque López Nuñez. Esta última tentou abrir a porta da casa com um bloco de concreto. Ela já tinha sido denunciada anteriormente (Súmula Número 636/CJR-DC-MR/2012) por ataques e ameaças. Antes desses ataques recentes, foi apresentada uma queixa integrada ao expediente 1291/JU/2014. Seguir leyendo

DENUNCIAMOS AS AGRESSÕES E PERSEGUIÇÃO CONTRA OS MEMBROS DA ASSEMBLEIA DE POVOS INDÍGENAS DO ISTMO EM DEFESA DA TERRA E DO TERRITÓRIO (APIIDTT).

Juchitán de Zaragoza, Istmo de Tehuantepec, em 14 de março de 2014.

À mídia
Às organizações sociais
Aos organismos de direitos humanos
Aos povos indígenas
À opinião pública nacional

DENUNCIAMOS AS AGRESSÕES E PERSEGUIÇÃO CONTRA OS MEMBROS DA ASSEMBLEIA DE POVOS INDÍGENAS DO ISTMO EM DEFESA DA TERRA E DO TERRITÓRIO (APIIDTT).

Na segunda-feira, 10 de março, cerca de cinco horas da tarde, atearam fogo no rancho do companheiro Odelio López Vicente, agente comunitário nomeado pela Assembleia Geral Gui’xhi’ro (Álvaro Obregón). Tentaram apagar o fogo, mas este consumiu totalmente duas cabanas feitas de palha e que funcionavam como depósito onde o companheiro armazenava milho, sorgo, além de ferramentas de trabalho, redes e documentos pessoais. Também, em 7 de março, foi roubada uma bomba de gasolina do rancho do companheiro Pedro López Orozco, porta-voz da Assembleia da Comunidade de Álvaro Obregón. Essas ações fazem parte do assédio que um grupo de operadores da prefeitura municipal de Juchitán estão fazendo para causar um clima de tensão e hostilidade com as autoridades comunitárias. Seguir leyendo

Declaração APIIDTT 5 de março de 2014

Aos povos de México e do mundo

Ás organizações comunitárias e de direitos humanos.

Aos meios de comunicação

Aos governos municipal, estatal e federal.

Á sociedade em geral.

As acusações do presidente municipal de Juchitán Saúl Vicente Vasques contra a ( Assembleia dos povos do istmo que defendem a terra e o território) Asemblea de los Pueblos Del Istmo en Defensa de la Tierra e del Território, formam parte de la escalada de criminalização que o governo mexicano está realizando contra os movimentos indígenas que defendemos a nossa terra, território e autonomia. Seguir leyendo

Comunicado de 4 de março de 2014 “A comunidade indígena Binni’zaa de Álvaro Obregón continuará com a defesa e autodeterminacao de seu território, perante qualquer um que a ameace”

Colônia Álvaro Obregón, Juchitán, Oaxaca, 4 de março de 2014

Comunicado de 4 de março de 2014

“A comunidade indígena Binni’zaa de Álvaro Obregón continuará com a defesa e autodeterminacao de seu território, perante qualquer um que a ameace”

Na noite de ontem, 3 de março, nos reunimos na Assembléia Geral da comunidade de Álvaro Obregón, mais de 800 mulheres e homens desta comunidade para dizer nossa palavra sobre os fatos ocorridos em 2 de março e para que nossos companheiros, povos indigenas e todos aqueles que se solidarizaram com nossa luta justa e digna: Seguir leyendo

OPERADORES POLITICOS DO PREFEITO MUNICIPAL DE JUCHITAN, SAUL VICENTE VAZQUEZ, Y DO EX-PREFEITO, MARIANO SANTANA, AMEAÇAM DE MORTE EDUARDO TOLEDO OROZCO, MEMBRO DA AUTORIDADE COMUNITARIA DE ALVARO OBREGON, JUCHITAN, OAXACA.

Col. Álvaro Obregón, Juchitán, Oaxaca, 22 de janeiro de 2014.

Aos meios de comunicação

Às organizações sociais  

Aos organismos de Direitos Humanos

Aos povos indígenas        

À opinião pública nacional

OPERADORES  POLITICOS DO PREFEITO MUNICIPAL DE JUCHITAN, SAUL VICENTE VAZQUEZ, Y DO EX-PREFEITO, MARIANO SANTANA, AMEAÇAM DE MORTE EDUARDO TOLEDO OROZCO, MEMBRO DA AUTORIDADE COMUNITARIA DE ALVARO OBREGON, JUCHITAN, OAXACA.

A Assembleia Geral de Álvaro Obregón decidiu colocar barricadas para vigiar a entrada de pessoas estranhas e, no sábado passado, 18 de janeiro, uma camionete com três pessoas a bordo foi interceptada pela polícia comunitária. As pessoas que estavam no veículo se identificaram como Ernesto Sánchez Jiménez, Humberto Montaño Sánchez e Teresa Terán Veja. Disseram que iam realizar una reunião para designar os integrantes da autoridade de Álvaro Obregón como membros do partido PT-PRD, segundo indicações do prefeito municipal, Saúl Vicente Vázquez, que foi membro do Fórum Permanente das Nações Unidas para as Questões Indígenas, no período 2011-2013, no qual tratou de temas sobre Direitos dos Povos Indígenas. Seguir leyendo